ESCOLA

ESCOLA DE ARTES E HUMANIDADES:

A Escola de Artes e Humanidades foi criada para difundir o pensamento crítico, a análise e a reflexão baseados na troca de saberes entre as mais variadas áreas de conhecimento, como uma síntese do saber humanístico.

Nossa pretensão é despertar o interesse pela colaboração da construção de conhecimento, que considere os valores humanos nas áreas da sociologia, antropologia, psicologia, filosofia, literatura, artes e estética, entre as demais áreas do Desenvolvimento Humano.

Objetivo Geral: Colaborar com a formação de valores humanísticos na sociedade, que contribuam na construção da identidade coletiva e no desenvolvimento da cidadania e ainda, no fortalecimento das relações humanas de forma inclusiva e diversificada, bem como, contribuir na construção de saberes que favoreçam a redução das desigualdades sociais.

Objetivo Estratégico: Oferecer a troca de saberes entre os agentes da sociedade a partir de variados formatos, presencial e online, com cursos de extensão, workshops, oficinas, palestras, conferências, visitas guiadas, intercâmbios, dentre outros, com a finalidade de colaborar com o desenvolvimento social.

ESCOLA NIEMEYER

Missão: A missão da Escola Niemeyer é difundir não apenas a herança arquitetônica de Oscar Niemeyer, suas técnicas e suas invenções, mas também uma síntese do saber humanístico, científico e tecnológico do nosso tempo, inspirações que sempre o sensibilizaram e o motivaram a criar. Segundo Oscar, fundador e presidente de honra do Instituto Niemeyer, o objetivo dessa escola é um curso amplo, que aborda questões que ultrapassam os limites da Arquitetura como campo de investigação”.

(Paulo Sergio Niemeyer)

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA

Parte-se do suposto de que a Educação, como produto da inteligência humana, foi desenhada para ter um poder maior, tornando-se seu objetivo fundamental: educar o potencial do homem.

Nessa função social a Educação tem que domesticar o “potro interior”, o ser selvagem que vive no ser humano e que, volta e meia, quase por instinto, ameaça sair e se fazer presente.

À Educação se reserva a responsabilidade não só de adestrá-lo, mas também de desenvolvê-lo harmonioso, delicado, sensível, polido e humano.

É preciso não só informar ao indivíduo suas potencialidades, como também, oportunizar lhe conhecer e desenvolver seu eu interior projetado para o futuro individual, imerso no social, futuro esse marcado pela ousadia, e não pela acomodação.

“A maioria dos problemas do homem deriva desta falta de ousadia, de autoconfiança e de autoestima, da falta de uma Educação voltada para o Desenvolvimento Pleno do Poder Humano.”

Nessa função, a Educação tem que se envolver nas 4 dimensões que constituem o ser humano:

  • Mental
  • Emocional
  • Físico
  • Espiritual

EM BREVE